Viva bem com a vida!

Todos gostaríamos de continuar jovens. Para tanto, é preciso aprender que, ao longo da vida, iremos nos deparar com os processos evolutivos naturais.

É preciso entender que os conceitos mudam e, ao serem incorporados ao cotidiano, promovem aplicações surpreendentes.

Essa é a razão da Medicina ser considerada uma ciência, cujas verdades são transitórias, uma vez que os novos conceitos científicos devem ser incorporados.

As recentes descobertas, invenções, testes, novas ferramentas de investigação e as suas aplicações no cotidiano, facilitam o entendimento e o aprimoramento da qualidade de vida, possibilitando viver mais tempo, com qualidade, que confere aspecto mais jovem.

Diante de novos conceitos, os profissionais reflexivos que atuam na medicina, de imediato, alteram a postura e o comportamento, se adequando aos mais fisiológicos, para propiciar uma vida saudável.

A Medicina que, desde 1960, se depara com o acelerado processo de envelhecimento, passou a se preocupar com o desenvolvimento de tecnologias inovadoras, que permitissem investigações minuciosas e que englobassem todos os elementos envolvidos.

Há três décadas, os sinais de expressão, referidos como sinais de envelhecimento, obrigaram as pessoas a usar cremes, géis, injeções, corantes etc., para retardar o processo evolutivo.

Com o advento de uma inovadora tecnologia, possuidora de Inteligência Artificial-4G, que avalia a qualidade no interior das células, órgãos ou sistemas, os sinais de envelhecimento passaram a ser analisados por minuciosas ferramentas qualitativas.

Na atualidade os sinais visíveis foram substituídos pelos sinais intracelulares, mais precoces, e que, no passado, eram interpretados como sinais iniciais passaram a ser considerados tardios.

O exemplo são as queixas relacionadas ao sistema osteomuscular (ossos, músculos, tendões, ligamentos, nervos, cartilagens etc.), que diante das específicas alterações, definidas como: artrite, artroses, tendinite, bursites, osteopenia, osteoporose, fraturas, na atualidade, são detectadas com anos de antecedência. Para tanto, basta rastrear as ferramentas que avaliam a qualidade óssea.

As inovadoras ferramentas analisam o estado funcional das estruturas que existem dentro das células, desde o seu início. Por essa razão, recebem o nome de ferramentas intracelulares que utilizam a Inteligência Artificial, obtidas por meio de sistemas de ultrassom específicos e que captam, com baixo custo, as informações de todos os componentes.

Sabemos que o osso é uma estrutura que, a cada sete a dez anos, se renova totalmente, possui duas matrizes, três componentes, além da imprescindível elasticidade e homogeneidade.

Ser alto com ossos longos e grossos é conceito do passado em qualidade óssea, porque todos os componentes ósseos devem ser analisados em conjunto, a partir de 20-25 anos de idade.

A qualidade óssea só pode ser definida como boa, quando são avaliados todos os processos de deterioração que acometem as matrizes e os componentes estruturais.

Ao perceber que a altura diminui com a idade, perceba, também, que ocorre sobra da pele e surgem a flacidez, as pregas, as rugas. Portanto, na verdade, a causa destas não está na pele em si, é, pois, reflexo da perda da estrutura de sustentação óssea.

A cidade de Ribeirão Preto, desde 1996, dispõe da Inteligência Artificial-4G, que possui registro na ANVISA e certificação de inocuidade no INMETRO. Além de realizar o rastreamento e a prevenção da perda de sustentação óssea e seus graves desdobramentos, rastreia, a partir da adolescência, utilizando curvas brasileiras, única no mundo e publicada no maior jornal científico, o PLOS ONE.

Os demais aparelhos lançados, a mais de 80 anos, como os Raios-x, Tomografias, Ressonância e Densitometria óssea, que possuem indicações precisas, não são capazes de avaliar o tecido ósseo por completo, a qualidade e quantidade óssea ao mesmo tempo e em todos os seus componentes.

A partir da quarta geração (2015), as ferramentas passaram a ser oferecidas em Ribeirão Preto, primeira cidade das Três Américas, a rastrear utilizando um tipo especifico de ultrassom, que avalia todos os componentes ósseos, em cinco minutos, de forma indolor e promovendo qualidade de vida. Saúde é essencial.

Ficou curiosa (o)? Agende sua consulta pelo WhatsApp (16) 99737-3335 ou telefone: (16) 4009-3335 ou pelo acesso ao site www.climaterium.com.br / Av. independência, 3074, em Ribeirão Preto/SP. O sucesso para alcançar a vida saudável está literalmente, em suas mãos.

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Live - Consultório - Climatério e Menopausa

Eu participei de uma live dia 19 no canal Pai Eterno, falando um pouco sobre fases críticas na vida da mulher com alterações psicológicas e outros assuntos da saúde da mulher, veja na integra!